Evangelho no Lar

Avalie este item
(0 votos)
Publicado em: Informações

PRÁTICA DO EVANGELHO NO LAR

Onde quer que se encontrem duas ou três pessoas reunidas em meu nome, eu com elas estarei. (S. MATEUS, cap. XVIII, v. 20.)

“Quando o Evangelho penetra o lar, o coração abre mais facilmente a porta ao Mestre Divino.” (Emmanuel)

 

* * *

O QUE É O EVANGELHO NO LAR

O Estudo do Evangelho no Lar é uma reunião em família, num determinado dia e hora da semana, para uma troca de idéias sobre os ensinamentos cristãos, em proveito do nosso próprio esclarecimento e do equilíbrio no lar.

É uma prática exemplificada pelo próprio Mestre Jesus, que se reunia com os apóstolos e seguidores na casa de Pedro, em Cafarnaum, noutras aldeias e no próprio Tiberíades, em torno dos sagrados escritos.

É uma das formas mais saudáveis de fraternidade, que começa na família através do diálogo sincero e do exercício da caridade. Cada lição do Evangelho é um roteiro de luz e de bençãos para o grupo familiar e para toda a área em que esteja instalado o lar que o pratique.

^Topo

 * * *

 São objetivos do EVANGELHO NO LAR

 

  • bem compreender e sentir o Evangelho, a fim de melhor exemplificá-lo;
  • Criar o hábito salutar de reuniões evangélicas no lar, no intuito de despertar e acentuar o sentimento de fraternidade que deve existir entre as criaturas;
  • Melhorar a proteção do lar, através do cultivo dos bons pensamentos, ensejando a afluência dos Mensageiros do Bem;
  • Obter amparo necessário que possibilite a superação das dificuldades materiais e espirituais, em consonância com a recomendação “Orai e Vigiai”, ensinada por Jesus;
  • Uunir sempre mais os participantes do Lar, propiciando uma vivência mais amorosa.

O Estudo do Evangelho no Lar abre as portas da nossa casa aos benefícios espirituais, da mesma forma que desentendimentos, brigas e xingamentos favorecem o assalto das sombras (Richard Simonetti). Atrai os bons e afasta ou esclarece os maus espíritos.

Conduz-nos a uma compreensão racional dos ensinamentos do Cristo, levando-nos ao esclarecimento e à aceitação de tê-los como roteiro seguro para nossas vidas. Ajuda-nos a superar as dificuldades no lar e fora dele, acendendo-nos a luz da compreensão e da paciência.

Modifica o padrão vibratório dos nossos pensamentos e sentimentos, desanuviando as nossa mentes congestionadas das criações inferiores, agentes da enfermidade e dos desequilíbrios. Com Jesus no Lar, pelo estudo e vivência do Evangelho, tem-se a verdadeira paz.

Com o Evangelho no Lar formamos as defesas magnéticas da nossa casa, impregnando o ambiente espiritual das energias positivas que desestimulam toda ação maléfica. É uma verdadeira segurança espiritual que passa a funcionar em benefício de todo o grupo.

Além da ajuda que essa prática proporciona no programa espiritual de todo o grupo familiar, estende a caridade aos vizinhos e a quantos se sintam também estimulados a mudar.

^Topo

* * *

COMO REALIZAR EVANGELHO NO LAR

  • Reunir os componentes do lar uma vez por semana, em dia e hora pré-determinados;
  • Iniciar com uma prece simples e espontânea;
  • Ler um trecho de "O Evangelho Segundo o Espiritismo", comentando-o de forma acessível. Deve-se evitar qualquer comentário contra qualquer religião, pessoas ou situações, bem como transformar os ensinamentos em críticas diretas ou indiretas a qualquer membro da família ou a outras pessoas;
  • Em desejando, pode-se complementar a leitura com outras obras espíritas, como por exemplo livros de cartões_mensagens psicografados pelos médiuns Francisco Cândido Xavier, Divaldo Pereira Franco ou José Raul Teixeira;
  • Em havendo crianças, quando presentes, aproveitá-las para fazer uma prece, declamar uma pequena poesia ou ler um pequeno trecho evangélico;
  • Fazer prece de agradecimento, rogando pela paz no Mundo, pelas criaturas carentes de toda sorte, pelas pessoas com quem temos dificuldades de ajustamento, pelo incentivo e proteção dos trabalhadores do Bem e da Verdade, por nós próprios;
  • Encerrar.

^Topo

 

* * *

 

LEMBRETES

  • A duração não deve ultrapassar uma hora;
  • Acautelar-se para não transformar a reunião em trabalho mediúnico; a mediunidade e a assistência espiritual devem ser atendidas em Sociedade Espírita idônea;
  • Não suspender a reunião em virtude de visitas ou eventos adiáveis. As visitas podem participar da reunião.
  • O Dia da semana e o horário mais adequados a todos os participantes devem ser escolhidos livremente.
  • Uma vez escolhidos, o dia da semana e o horário de realização do Evangelho no Lar devem ser respeitados. Assiduidade e pontualidade são importantes para o bom contato com o Plano Espiritual.
  • Não transformar a reunião em trabalho mediúnico.
  • Tomar todo o cuidado para não criar polêmicas, acusações ou desvio para outros assuntos.

SUGESTÕES

Pode-se colocar água para ser fluidificada pelos Espíritos presentes, no transcorrer da reunião. Música suave pode contribuir para melhor ambientação, auxiliando as vibrações e preces.

Quando houver crianças, é recomendável que se escolham livros apropriados com "Jesus no Lar", "Alvorada Cristã", "O Evangelho da Meninada", "Cartilha do Bem", "Histórias que Jesus Contou", "Os Meus Deveres" dentre outros.

Podem ser feitas leituras complementares alternativas (jornais, revistas, atualidades) que ofereçam conteúdo adequado à reflexão, conforme os objetivos do Evangelho no Lar.

 

* * *

^Topo

 

Reuniões espíritas
4. Onde quer que se encontrem duas ou três pessoas reunidas em meu nome, eu
com elas estarei. (S. MATEUS, cap. XVIII, v. 20.)
Ler 2274 vezes Última modificação em Segunda, 03 Março 2014 14:11
Mais nesta categoria: « ABC do Espiritismo

Gempaz

Conecte-se:

GAD - Grupo de Acolhimento, Amparo e Autodesenvolvimento

Conecte-se:

GEMPAZ